quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

OS PRIMEIROS 3 PONTOS


O pontapé inicial foi dado com êxito. O Figueirense conseguiu somar os seus primeiros três pontos já na primeira rodada do estadual 2018 ao vencer o Criciúma.

Um time rápido, leve e com bom toque de bola. Nem parecia ser o primeiro jogo da equipe na temporada. Apontado pela grande maioria dos treinadores do país como um dos fatores para um provável insucesso no início dos estaduais, o curto espaço de tempo não foi problema para a equipe comandada pelo Milton Cruz. A tendência é de que a equipe evolua a cada rodada, e o entrosamento entre os jogadores que chegaram e os que permaneceram vá melhorando gradativamente. 

Nos demais jogos da rodada, nenhum resultado chamou a atenção. No sul do estado foi clássico, resultado normal. No oeste, no clássico da linguiça, venceu a melhor equipe, a Chapecoense. Em Lages, venceu o favorito Inter, e em Joinville, no estádio municipal, o Jec não teve muitos problemas para vencer o Brusque. Foi apenas o começo, torcedor.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

ARBITRAGEM CATARINENSE. OTIMISTA?


O que esperar da arbitragem Catarinense no Estadual 2018? Essa é a pergunta que sinceramente não consigo responder de forma positiva. 

Na grande maioria das vezes, quando escalados para trabalhar em competições estaduais e nacionais de base, como a Copa do Brasil Sub-17 e Sub-20, conseguem perder o comando da partida, não conseguindo impor respeito diante dos atletas. Além dos erros básicos de interpretação e inversão de faltas que cometem nos jogos. Tudo isso na base. Agora imagine no profissional. 

Por outro lado, a Federação Catarinense possui bons nomes no seu quadro de arbitragem. Bráulio da Silva, Kléber Lúcio Gil,  Carlos Berkenbrock, Sandro Meira Ricci e Neuza Inês Back são alguns deles. O fato é que a arbitragem sempre será um ponto de interrogação. Prepare-se para fortes emoções...

sábado, 13 de janeiro de 2018

OLHEIRO DE RESPEITO


Romário, ex-jogador e hoje senador de república, estará no Estádio Orlando Scarpelli na próxima 4ª feira (17), quando seu filho Romarinho, fará sua estreia junto com o Figueirense, no Catarinense 2018.

Se será titular ou não, ninguém sabe, o que se sabe é que neste primeiro momento, antes da bola rolar, o Figueirense está bem servido de atacantes. O alvinegro tem Henan, artilheiro do time na temporada 2017, André Luiz, que deixou uma boa impressão quando substituiu Henan na temporada passada, além do experiente Jorge Henrique que atuou no meio-campo em 2017. Além das apostas Romarinho e Ronaldo. Apostas que podem dar certo como deu com o também desconhecido meia Robinho em 2017, vindo do Atibaia.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

20 GOLS EM 2017


Em 2017 ele atuou em 48 jogos, marcando 20 gols. Pelo Santo André foram 16 jogos, marcando 8 gols. No Figueirense jogou 32 partidas, balançando as redes adversárias em 12 oportunidades.

Os números do atacante Henan são bons, por isso a sua renovação foi tão badalada pelos torcedores e concretizada pelo clube. Para os concorrentes, restou apenas o cheirinho de um camisa 9...

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

CAMPEONATO CATARINENSE 2018


Após 1 ano, aqui estamos mais uma vez escrevendo no adormecido, mas não esquecido Blog do Israel. O campeonato Catarinense 2018 bate a porta, e com ele, mais uma vez, a incerteza do que vai acontecer.

Digo isto pelo fato da competição ser sempre muito equilibrada, tanto para aqueles que inicialmente brigam contra o rebaixamento, quanto para aqueles outros que lutam pelo título estadual. A princípio, como de praxe, os pequenos sempre acabam sendo taxados como os que irão lutar contra o descenso, o que não quer dizer muita coisa, basta fazer uma retrospectiva dos últimos 3 anos, onde Figueirense e Avaí (Avaí 2016 e 2015 / Figueirense 2017) brigaram junto dos menores contra a segundona. Concórdia, Hercílio Luz, Brusque e Internacional de Lages devem cravar uma briga intensa pela permanência, e cada um destes citados, devem fazer do seu mando de campo, a principal arma para conquistar pontos preciosos para se manter na luta pela permanência. 

Pela organização fora de campo, acredito que o Clube Atlético Tubarão tenha uma vida um pouco mais tranquila dentro da competição, e não deve figurar entre as equipes que irão sofrer pela permanência. Assim como Joinville e Criciúma, dois grandes do Estado, mas sem investimentos, não devem brigar por título. Ao contrário de Avaí e Figueirense, onde ambos fizeram um 2017 de resultados muito ruins, e neste novo ano,  já com algumas novas contratações e manutenção da base do ano anterior, deverão brigar pelas primeiras posições, buscando a vaga para decidir o estadual com a favorita ao título, Chapecoense. 

terça-feira, 29 de novembro de 2016

QUE DESTINO É ESSE? #ForçaChape


Que destino é esse que destrói famílias, coloca um ponto final em um sonho e une o mundo do futebol em minutos? Não tem explicação para a tragédia ocorrida com a delegação da nossa querida Associação Chapecoense de Futebol.
A partir de hoje, oficialmente, a Chapecoense passa a ser o segundo time do coração de todos os apaixonados por futebol. Seja ele brasileiro ou de qualquer outro país do mundo da bola.

A nossa solidariedade à todos os familiares de dirigentes, comissão técnica e jogadores da Chape, aos familiares do Drº Delfim de Pádua Peixoto Filho, presidente da Federação Catarinense de Futebol, que tambpem estava no voo, aos familiares dos profissionais de imprensa que estavam cobrindo este feito inédito do clube catarinense, onde estavam nossos queridos colegas Djalma Araújo e André Podiacki, além de Mário Sérgio, ex-treinador do alvinegro do Estreito, e que atuava como comentarista da TV FOX SPORTS.

Era isso, nos resta apenas chorar e orar. Força Chape! 

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

UM POR TODOS E TODOS POR UM #UnidosPeloRenanzinho


Não é o Avaí, não é o Figueirense, é um ser humano. Renanzinho é atleta do Avaí? É, e daí? Poderia ser do Joinville, do Criciúma, do Fortaleza, do Paysandu... não importa. Como pai, e acima de tudo como ser humano, vejo a necessidade de ajudar este ser que passa por um problema terrível de saúde, e que todos nós, seja a quantia que for, podemos também ajudar este garoto que mesmo sem poder exercer sua profissão, sustenta sua humilde família.

O Avaí Futebol Clube irá disponibilizar parte da renda do jogo entre Avaí x Brasil de Pelotas (Sábado 26) ao seu atleta. Quem quiser contribuir para esta causa HUMANA, basta adquirir os ingressos para a partida ou depositar qualquer quantia em conta bancária, aberta exclusivamente para este fim, ao Renanzinho.

Força ao garoto e saúde à todos que estão deixando de lado a rivalidade e olhando apenas para o ser humano. 

#UnidosPeloRenanzinho #ForçaRenanzinho

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO